Roberta Reis - Redatora Freelancer

Como ganhar R$ 5.000,00 trabalhando de casa como redator freelancer?

Quer trabalhar da sua casa, fazer os próprios horários, não ter chefe e ainda por cima ganhar R$ 5.000,00 por mês como redator freelancer? Então leia esse artigo!

Junte-se ao nosso grupo de redatores

Entre para a mellhor comunidade de redatores e receba os meus conteúdos com prioridade

Quer trabalhar da sua casa, fazer os próprios horários, não ter chefe e ainda por cima ganhar R$ 5.000,00 por mês como redator freelancer?

Então leia esse artigo!

E o mais interessante é que para isso você não precisa de curso superior e nem de conhecimentos técnicos absurdos.

Bastam 3 coisas para começar agora mesmo.

Se quiser saber quais são elas, fique por aqui e acompanhe as informações dos tópicos seguintes!


O que é redator freelancer?

O redator freelancer é um profissional que escreve para outras pessoas, sejam textos para blogs, e-books, redes sociais, e-mails marketing, livros, etc.

São muitas opções, mas certamente aquela que tem maior demanda é o blog.

Exatamente!

A maioria dos clientes precisa de um ghost writer (escritor fantasma), alguém que redija para os seus blogs como se na verdade eles mesmos estivessem escrevendo e “falando” com o público.

Vou explicar melhor.

Vamos supor que o seu cliente é dono de um pet shop.

Ele quer ganhar autoridade no mercado e conquistar mais compradores, então cria um blog para divulgar informações sobre o seu negócio e diferenciais.

Temas como A melhor ração para cães, A importância do bom atendimento em um pet shop e Como cuidar do seu gato podem ser algumas opções.

Só que esse empresário não tem habilidade em redação e também não possui tempo disponível para alimentar a sua página com textos.

Então ele contrata um redator freelancer para isso!

Essa prática é comum e não tem nada de errado, porém, você jamais poderá divulgar o texto como seu.

Esse é o seu acordo com o cliente, certo?


O que você precisa ter para ganhar dinheiro como redator freelancer?

São 3 coisas que você deve ter para começar a trabalhar hoje mesmo como redator freelancer.

Confira!


Número 1 - Escrever minimamente bem

Se você tem uma boa noção de gramática, sabe onde aplicar vírgulas, acentos e outras regras, então já pode começar a trabalhar como redator freelancer.

Conhecimentos básicos em redação também são importantes.

Isso significa que o fato de você saber que um texto precisa de introdução, desenvolvimento e conclusão já é meio caminho andado.

Obviamente os seus primeiros artigos não serão perfeitos, o que não é um problema desde que continue praticando e melhorando a sua escrita, combinado?


Número 2 – Ter um computador

Já me perguntaram se é possível ser um redator freelancer usando apenas o celular.

A minha resposta para essa pergunta obviamente é não!

Afinal, no celular você não vai ser produtivo e certamente não conseguirá escrever textos de 1000 palavras livres de erros.

Calma, isso não significa que é preciso investir muito dinheiro no melhor computador.

Hoje em dia existem equipamentos que saem por menos de R$ 1.000,00 e que vão dar conta do trabalho tranquilamente.

É possível também adquirir um item usado por um preço ainda melhor. É só pesquisar.

Outra coisa que você também vai precisar é de um software de edição de texto.

Eu utilizo o Word, que faz parte do pacote Microsoft Office.

Apesar de pago, ele é a minha melhor opção por já estar bastante familiarizada.

Consequentemente eu consigo ser mais produtiva também.

Mas uma solução gratuita muito boa é a plataforma do Google chamada Google Drive.

Lá você conta com várias opções de aplicativos, além de um editor de texto que se aproxima muito do Word.


Número 3 - Ter acesso à internet

Nem preciso dizer o quão importante é ter acesso à internet para trabalhar como redator freelancer.

Por meio dela você não só vai encontrar clientes, como terá uma excelente fonte de pesquisas para escrever os seus textos.

Só um adendo: use a internet para fazer pesquisas e não para copiar informações, ok?

Isso é considerado plágio, um crime com pena de detenção de 3 meses a 1 ano ou multa.


Como começar, afinal?

Para começar a trabalhar como redator você tem que se cadastrar em uma plataforma online.

Existem diversas delas que fazem a ligação entre clientes que precisam de um freelancer e freelancers que procuram clientes.

Mas se você é iniciante a minha dica é que se cadastre na Textbroker, que é específica para redatores e perfeita para quem está começando a escrever artigos.

Nela você vai entender como funciona a escrita para blogs, além de já ganhar algum dinheiro.

Faça 5 textos por lá. Essa quantidade é suficiente para entender o processo e absorver conhecimento.

Mas para isso primeiro é necessário realizar um artigo teste com tema e orientações fornecidos pela empresa.

Já adianto que pode ser que ele não seja aprovado, mas é possível tentar novamente. Eu mesma só passei na segunda tentativa na época.

E somente se o texto for aprovado você consegue começar a trabalhar.

Mas se acha que escreve minimamente bem, não se preocupe. Dificilmente ele será rejeitado.

Bom, você pode entrar como 2, 3, 4 ou 5 estrelas. Quanto maior o número, mais você ganha.

Só que os valores não são muito altos não. Então não espere ganhar os seus R$ 5.000,00 por ali.

Para você ter uma ideia, a plataforma paga R$ 0,03 por palavra em um texto com 500 palavras, o que equivale a apenas R$ 15,00 por artigo.

Só para você fazer uma comparação, a minha sugestão para iniciantes é R$ 0,06 por palavra (o dobro). Clique aqui e veja a planilha com os valores para iniciantes, intermediários e experientes.

Pois é, o valor é baixo, mas a ideia aqui não é que se sustente, mas sim que conquiste conhecimento e experiência, certo?

Depois você vai migrar para uma plataforma mais interessante que permitirá que dê o seu preço ao cliente e faça o contato diretamente com ele.

Veja algumas dicas e informações valiosas:


1- Depois que você passar na Textbroker deixe a página que disponibiliza os textos (Pedido / OpenOrders) aberta e vá atualizando ao longo do dia.

Isso porque o tema do artigo é liberado para o redator que “pegá-lo” primeiro.

2- Você só vai poder pegar um texto por vez. Depois que terminar o primeiro atualize a página e pegue o segundo.

3- Pode acontecer de a plataforma ficar um dia sem receber temas de artigos, afinal, para isso é preciso que um cliente entre e faça uma solicitação.

4- Talvez o seu texto não fique da forma como o cliente espera. E se ele recusar, obviamente você não vai receber o dinheiro.

Porém, geralmente eles fornecem alguns feedbacks e dão a chance do redator refazer o artigo.

E isso é muito valioso porque assim você aprende e ganha bem mais experiência.

Portanto, fique muito agradecido pelas eventuais críticas!


Agora que você já sabe tudo que é preciso para ganhar R$ 5.000,00 por mês trabalhando da sua casa como redator freelancer, o que acha de apostar na empreitada?

Nos próximos textos eu vou falar das plataformas mais robustas e dar dicas importantes sobre como utilizá-las.

Até lá!

Comentários

Artigos Relacionados

Junte-se ao melhor grupo de redatores

Entre na lista de redatores para fazer parte do grupo exclusivo e receba os meus conteúdos com prioridade

X

[planilha gratuita]

Quanto é Possível Ganhar Como Redator Freelancer?

Descubra quanto um redator freelancer pode faturar por mês de acordo com o nível de experiência

Não tenho interesse, obrigado.

- Todos os direitos reservados - Roberta Reis